Transformando seus Pensamentos em Relação à Alimentação

Você tem que transformar seus pensamentos em relação a sua alimentação, senão, você nunca vai poder emagrecer de forma saudável e sem dor. Você sabe, não é, que é possível emagrecer sem tantos sofrimentos que as pessoas falam que esse desejo suscita? Aquela história de sem dor, sem ganho, é algo falacioso e que pode ser uma mentira deslavada se você decidir mudar algumas coisas. O fato é que as pessoas querem uma fórmula mágica que faça com que toda aquela gordura suma. Quando não é isso, pensam que para haver mudanças em seu corpo, a sua mente tem que ficar fora disso. O que muitos não entendem é que não há mudança no corpo, sem haver mudanças na mente. Pelo menos não nesse tipo de mudança, como perder peso e emagrecer.

Para isto acontecer, você vai ter que mudar a sua forma de pensar sobre a comida.

 

EMAGRECER E ALIMENTAÇÃO

Primeiro, porque é através da alimentação que a melhor forma de emagrecimento acontece. Se você não se alimentar bem, de forma equilibrada, ingerindo todos os nutrientes numa quantidade aceitável para que você fique saudável, provavelmente você não ficar num estado muito apresentável de saúde. A sua saúde depende da sua alimentação, a sua energia também depende da sua alimentação, o seu crescimento também está envolvido com a sua alimentação e o seu bem estar, logicamente, também está envolvido com a sua alimentação. Tudo está conectado. E é por isso que se faz tão importante manter a sua alimentação num estado sempre de equilíbrio, porque senão o resto do seu corpo vai se desequilibrar. É uma constatação lógica que estamos fazendo.

 

O JEITO QUE A ALIMENTAÇÃO É PERCEBIDA

Todos sabem que você precisa comer para ficar bem. Isso é algo universal, se você não comer, provavelmente vai ficar mal e doente. Porém, ao longo da história humana, as pessoas passaram a encarar os alimentos como algo a mais, como uma forma de prazer. E quando os alimentos chegam a este status de prazer, as coisas podem se descontrolar. Porque as pessoas são sedentas por prazer. Queremos prazer a todo instante e de todas as formas possíveis. É algo que faz parte do nosso corpo, do nosso ser, da personalidade humana.

Estamos sempre atrás de coisas que possam fazer com que nós nos sintamos bem. Quem vai atrás de comida pensando em se sentir bem, tem o mesmo raciocínio de alguém que vai atrás de um pouco de cocaína para se sentir perfeitamente bem. E por mais que a sua moral diga que não, é a mesma essência, é a mesma procura. A procura pelo prazer! Estamos sempre querendo prazer. Porém, quando algo como a alimentação, que mexe com todas as estruturas do nosso organismo, vai para esse campo do prazer, a gente deve ter muito cuidado, pois qualquer deslize pode desequilibrar todo o sistema.

 

SABENDO EQUILIBRAR

Comer é muito bom. Claro. Quem não gosta de comer aquelas comidas que não possuem um valor nutritivo relevante, como um sorvete, por exemplo? É delicioso e nós podemos dizer que se você comer isso sabendo equilibrar a sua alimentação, é algo válido sim. O problema é quem está exageradamente atrás de prazer, como alguém que está passando por alguma frustração, por algum problema emocional, e que resolve depositar na comida todos esses problemas. Não faça isso. Essa busca por prazer não pode resultar num consumo exagerado de comida, de entorpecentes ou de qualquer outra coisa.

Você precisa saber equilibrar o que você ingere e olhar com outros olhos para a alimentação. No mais, você precisa mudar a sua forma de entender a alimentação.

Share This