Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

HIPERTROFIA

Como Treinar Glúteos E Femoral De Forma Rápida E Efetiva

Como Treinar Glúteos E Femoral De Forma Rápida E Efetiva

Desenvolver um treino adequado para glúteos e femoral é uma das grandes dificuldade que os praticantes de musculação possuem.

Ou até mesmo um erro, pois, muitos acreditam que certos exercícios são voltados mais par ao público feminino. Contudo, muitos deles auxiliam no shape insano desejado pelos homens.

Tonificando não apenas a região dos glúteos, como também, o bíceps femoral que é um dos músculos posteriores da coxa.

Melhores Exercícios Para Glúteos e Femoral

gluteos-e-femoralUm treino para os músculos glúteo e femoral é uma prática que apesar de atrair bastante as mulheres, deve ser ainda praticada pelos homens.

Isso porque ela garante a construção de uma hipertrofia harmônica e equilibrada. Principalmente, se considerarmos que ela ajuda a tonificar a perna, graças ao bíceps femoral.

  • Glúteo: essa musculatura é formada pelos glúteos máximo, médio e mínimo. Desse modo, sendo três cabeças essenciais não apenas para um shape uniforme. Como ainda, para dar estabilidade ao corpo e melhor a funcionalidade de seus movimentos. O mínimo é o responsável então, por estabilizar a pélvis e pelo movimento de rotação externa do fêmur. Já o máximo, tem a extensão do quadril como sua principal função;
  • Femoral: essa musculatura se encontra presente nos isquiotibiais (formada ainda por outros dois músculos) sendo composto por duas cabeças, chamadas de curta e longa. Sua principal função é permitir a flexão da perna e a extensão da coxa.

Segundo Fernando Sardinha, um dos maiores fisiculturistas do país, um treino de isquiotibiais não deve ser composto por movimentos isolados um seguido do outro.

Mesmo que, isso auxilie no aquecimento e fluxo sanguíneo na região. Isso porque alterar as regiões permite a conquista de um fluxo ainda melhor.

Além disso, os movimentos de flexão do joelho não trabalham o glúteo, esse deve ser inserido então, ao intercalar os movimentos de:

  • Flexão do joelho com isquiotibial isolado: aposte nos exercícios com a mesa flexora;
  • Abdutor para trabalhar os glúteos: invista nos exercícios de cadeira abdutora com variações.

Para conhecer um pouco melhor como Sardinha indica o desenvolvimento desse tipo de treino para glúteo e femoral, clique aqui e assista seu treino completo.

Se você gostou desse conteúdo, não se esqueça de deixar sua opinião nos comentários. Bem como, compartilhar nas redes sociais com seus amigos!

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.