Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

HIPERTROFIA

O Que Nunca Lhe Disseram Sobre Esteróides

O Que Nunca Lhe Disseram Sobre Esteróides

Saiba o que nunca lhe disseram sobre esteroides! Os anabolizantes são substâncias polêmicas, fato. Mas, ao mesmo tempo, elas são consideradas milagrosas. Pois é, a verdade é que essas substâncias podem fornecer resultados extraordinários no desenvolvimento do corpo, motivo pelo qual são utilizadas no tratamento de vários distúrbios desse domínio. Porém, os efeitos colaterais são tão numerosos e tão severos que o uso dos anabolizantes por pessoas que não precisam deles certamente não é recomendável.

Quando vemos fisiculturistas, com aqueles corpos hipertrofiados, logo confirmamos que usaram bomba. Isso é normal. Até quando encontramos um antigo amigo na rua, e se ele está mais fortinho que o normal, já imaginamos que ele tomou uns “veneninhos”. 

Mas o que poucas pessoas sabem como os anabolizantes funcionam no nosso corpo. Por isso, o intuito deste artigo é tirar algumas dúvidas, dizer algumas verdades e consequência da famosa “bomba”.

Saiba O Que Nunca Lhe Disseram Sobre Esteroides

Mas o que são os Esteroides Anabólicos?

Os esteroides anabolizantes são qualquer droga (ou seja, estrogênios, progestagenos e corticosteroides) ou substância (s) hormonal (is), quimicamente relacionada(s) à testosterona, hormônio masculino que promove o crescimento muscular. Hoje, existem mais de 100 variedades de esteroides anabolizantes desenvolvidos, usados em inúmeros casos na medicina.

 

Os anabolizantes funcionam penetrando no núcleo das células, onde provocam alterações na expressão dos genes, isto é, nos mecanismos metabólicos determinados pelo DNA. Essas alterações se dão na direção das alterações normalmente provocadas pela testosterona, de modo que os esteroides anabolizantes aumentam, por exemplo, a síntese proteica. O aumento da síntese de proteínas favorece diretamente o crescimento muscular, da mesma forma que a testosterona.

Esse crescimento, nesse caso, concentra-se nos músculos da parte superior do corpo. Além disso, os esteroides anabolizantes são capazes de bloquear os efeitos do cortisol no tecido muscular. Já que esse hormônio é responsável por estimular o corpo a consumir os músculos para produzir energia, os esteroides anabolizantes oferecem uma proteção extremamente significativa.

Nesse sentido, os esteroides anabolizantes fazem jus ao seu nome, favorecendo o anabolismo, isto é, a síntese de moléculas complexas consumindo energia, e dificultando os processos de catabolismo, isto é, o consumo de moléculas complexas para a produção de energia.

Mais além, os esteroides anabolizantes também possuem o efeito de reduzir os níveis de gordura corporal. Ao aumentar a taxa metabólica basal, isto é, o mínimo de energia que o corpo gasta para manter as funções vitais, os esteroides anabolizantes facilitam muito a perda de gordura.

Claro que a lista de efeitos colaterais dos esteroides anabolizantes pode ser imensa, mas isso acontece com qualquer tipo de medicamento. Afinal, novamente, tenha em mente que diferentes esteroides oferecem distintos efeitos colaterais, e que tudo depende da dosagem e da prescrição correta. Por isso, iremos contar consequências dos anabolizantes, que você nunca deve ter ouvido falar.

Consequências dos Esteroides Anabolizantes

1 – Acne

Os esteróides aumentam a oleosidade para intensificar a produção de mais gordura e colesterol, o que faz com que a pele fique mais gordurosa. Ao mesmo tempo, eles também induzem a sua pele a acelerar a produção de bactérias. E essa combinação pode entupir seus poros e levar a espinhas. A acne causada por esteroides pode ser grave, o que aumenta o risco de cicatrização permanente.

2 – Aumento na pressão sanguínea

Os hormônios nos esteroides fazem com que seu corpo retenha sódio e fluidos em questão de dias. Isso coloca um estresse extra em seus vasos sanguíneos, o que pode levar à hipertensão arterial. Na verdade, quando os pesquisadores mediram a pressão arterial de usuários regulares de esteroides, seus números eram, em média, de 8 a 10 milímetros de mercúrio (mm Hg) em relação aos indivíduos que não tomavam esteroides. Isso pode não parecer muito, mas ao longo do tempo o efeito pode ser assustador. A pressão arterial cronicamente alta pode fazer com que seus músculos do coração se endureçam, o que pode levar a doenças cardíacas ou insuficiência cardíaca. 

3 – Queda de cabelo

Você pode notar que o seu cabelo vai começar a cair dentro de semanas ou meses após o início dos esteroides. Pois os níveis elevados de testosterona são o fator hormonal que induzem alopecia, ou calvície. E, uma vez que os esteroides anabolizantes fazem você produzir testosterona adoidado, eles geralmente causam perda de cabelo. 

4 – Infertilidade

Toda essa testosterona extra dos esteroides pode reduzir sua contagem de esperma. Os níveis muito altos do hormônio podem reprimir a produção de hormônio luteinizante e hormônio folículo estimulante, que diz aos testículos que produzem esperma. Problemas com a produção de esperma afetam cerca de metade de todos os usuários de esteroides, estima o Instituto Nacional de Abuso de Drogas. Esse problema vai se reverter eventualmente quando você largar os anabolizantes, mas pode levar meses ou mesmo anos para as coisas lá em baixo voltarem ao normal.

5 – Crescimento dos peitos

Você pode achar que é mentira, mas infelizmente é verdade: esteroides aumentam o tamanho das mamas – e isso acontece bem rápido. Isso acontece porque certas enzimas no corpo podem converter a testosterona em estradiol (uma forma de estrogênio), que promovem o crescimento do tecido mamário. Pior ainda, os resultados serão permanentes, mesmo que você abandone os anabolizantes. Uma vez que seu tecido mamário se expande, ele nunca voltará ao seu tamanho original.

Assim como qualquer medicamento, os esteroides anabolizantes são prescritos por médicos profissionais da área, portanto, não aconselhamos aos atletas a auto se medicarem.

Enfim, os esteroides não são a substância mágica que algumas pessoas fazem parecer. Treinamento, dieta e repouso lhe darão o corpo que você deseja. Eu vi pessoas que usam esteroides, mas treinam mal, não fazem dieta e não descansam corretamente e, como resultado, não chegam ao corpo desejado. Por outro lado, há atletas que nunca tomaram, e que têm corpos espetaculares e conseguem excelentes resultados!

 

 

Esteróides

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.