HIPERTROFIA

Dieta Para Ectomorfo - 5 Dicas Cruciais Para Ganhar Peso Rápido

Dieta Para Ectomorfo - 5 Dicas Cruciais Para Ganhar Peso Rápido

A dieta para ectomorfo é um regime alimentar voltado para o ganho de peso que será utilizado na construção de músculos através da musculação.

Esse é um dos três biotipos existentes e é repleto de vantagens. Pois eles possuem uma menor absorção de gordura.

Por isso na hora de criar uma dieta para ganho de peso, ele não precisa se preocupar muito com essa questão, se feita corretamente.

Desse modo, eles possuem vantagem na definição corporal e na hipertrofia. Além disso, os seus ganhos são baseados em um processo saudável e natural!

Assim sendo, neste artigo irei dar 5 dicas essenciais na hora de montar uma dieta para ectomorfo, continue lendo e descubra como!

 

5 Dicas Para Criar Uma Dieta Para Ectomorfo

5 Dicas Para Criar Uma Dieta Para Ectomorfo

Então, se você quer “crescer”, ou seja, as dicas a seguir são ideais para resultados estéticos através da definição e hipertrofia.

O que é feito através dos quilos adquiridos que serão trabalhados. De modo que você consiga desenvolver o ganho muscular.

Sem que seja preciso se preocupar com a diminuição do percentual de gordura adquirido, posteriormente, uma vantagem desse biotipo.

No entanto, para isso é importante que você nutra seu corpo corretamente. Assim, você vai aproveitar todos os estímulos recebidos nos treinos.

Pois, ele irá ter um boa regeneração e crescimento muscular nas fases de recuperação, em geral, durante a noite.

1. Coma Mais Em Menores Porções:

Você quase não sente fome e isso prejudica seu corpo no recebimento ideal de nutrientes ao longo do dia?

Então, a resposta está justamente em como você consome. Isso porque esse biotipo consegue facilmente manter:

  • Velocidade do metabolismo;
  • Controle do apetite (fome).

O que acontece é que o organismo absorve rapidamente os nutrientes, bem como, realiza a sua queima.

Mas, a falta de fome faz com que sua reposição seja “insuficiente” para os ganhos musculares. Portanto, ao invés de 4 refeições aposte em 6:

  • Desjejum;
  • Café da manhã;
  • Almoço;
  • Lanche da tarde;
  • Jantar;
  • Ceia.

No entanto, preste muita atenção, pois, você deve comer mais vezes só que em MENORES quantidades.

Ou seja, nada de exagerar na ingestão de alimentos. Pois, nem o metabolismo mais acelerado dará conta de tantas calorias.

Desse modo, a ingestão ao longo do dia vai favorecer os ganhos nutricionais e calóricas para a prática física e seu crescimento muscular.

2. Composição Da Dieta Para Ectomorfo:

Além de não ficar muito tempo sem comer para manter o corpo nutrido, você ainda precisa saber como compor sua dieta.

  • Gorduras: são prejudiciais apenas quando comemos aquelas que estimulam o colesterol ruim LDL. No entanto, o consumo das boas estimula o HDL e são essenciais na construção muscular. Desse modo, cerca de 20% da sua dieta deve ser composta por esse macronutriente, principalmente através do ômega 3, 6 e 9.
  • Proteínas: deve ocupar 30% da sua dieta para ectomorfo. Pois, ela é responsável diretamente pela produção e manutenção das fibras musculares. Então, o ideal é consumir entre 1,5 a 2 gramas de proteína para quilo que você possui.
  • Carboidratos: por fim, chegamos a principal fonte de energia que não deve ser considerado um vilão. Assim sendo, a dieta deve ter 50% de carboidratos mesclando os de fácil e difícil assimilação. Ou seja, intercales entre complexos, simples e de baixo índice glicêmico.

Mas, outra dica é relacionada aos suplementos no consumo pós-treino que funcionam muito bem para esse biotipo evitar o catabolismo.

3. Alimentos Ideais Para Sua Dieta:

Para muitas pessoas, as calorias soam como inimigos do ganha muscular e do emagrecimento.

No entanto, existe uma determinada exigência diária. Lembra na escola quando estudávamos a pirâmide alimentar?

Ela está correta e essa quantidade exigida atua na produção de energia também, o problema é o consumo em excesso.

Assim sendo, procure comer alimentos caloricamente densos. Uma vez que, na dieta para ectomorfo elas são essenciais.

Com isso você atinge a meta diária de calorias mais facilmente, ao consumir alimentos como:

  • Gorduras: oleaginosas, óleo de coco, azeite extravirgem, pasta de amendoim integral, sementes, abacate.
  • Proteínas: leite integral, ovos, carnes de cortes magros, iogurte, tofu, peixes.
  • Carboidratos: arroz branco, massas e pães integrais, batata doce, cenoura.

4. Não Consegue Comer Muito? Beba!

Uma dica incrível para os ectomorfos é a ingestão de líquidos, já que eles sentem pouca fome ao longo do dia.

Dessa forma, você consegue ingerir mais calorias e nutrientes mesmo sem apetite. Uma vez que, líquidos são “alimentos” mais fáceis de consumir.

Além disso, você irá auxiliar o organismo ao fornecer alimentos “quebrados”, pois, eles já estarão pré-digeridos.

O que facilita a ingestão de líquidos é que eles não pesam muito. Logo, é como se você não sentisse essa ingestão e isso evita o estresse digestivo.

Portanto, você pode investir em shakes proteicos, smoothies, vitaminas e sucos, feitos:

  • Sem adição de açúcar;
  • Com alimentos frescos e naturais;
  • Aveias, chia, linhaça, etc.

Para frutas, procure consumir aquelas de casca que possuem mais fibras. Mas, não se esqueça das verduras e hortaliças também!

Caso você sinta vontade de adocicar a bebida, procure utilizar mel ou algum adoçante “natural”.

5. Dieta Para Ectomorfo Exige Foco:

Se você se dedica muitos aos treinos, provavelmente já tem sua disciplina mais trabalhada.

Assim sendo, esta deve ser utilizada também na sua dieta. Pois, você vai precisar adaptá-la e criar novos hábitos.

O que faz com que o processo de mudança seja cansativo e desestimulante, porém, após esse período seu corpo e você irão se acostumar!

Logo, os resultados da combinação entre alimentação e treinos vai mostrar efeitos cada dia mais. Bem como, você terá uma saúde elevada com mais:

  • Qualidade de vida;
  • Bem-estar.

 

Conclusão

ConclusãoEntão, para criar uma dieta para ectomorfo você vai precisar compor uma dieta com:

  • 50% de carboidratos alternados;
  • 30% de proteínas magras;
  • 20% de gorduras que estimulam o HDL;
  • Maior número de refeições, com menores porções.

Desse modo, você consegue fornecer os nutrientes e calorias necessária para seu corpo utilizar tanto na musculação, quanto na recuperação e reconstrução muscular.

O que vai favorecer os ganhos para definição e hipertrofia. Por fim, lembre-se sempre de beber bastante água para manter o organismo limpo!

Alie o suplemento vitamínico Trembodrol, com a sua dieta para conseguir ganhar mais massa muscular. 

Ainda possui alguma dúvida sobre a criação dessa dieta? Deixe-a nos comentários para que possamos esclarecê-la.

 

 

suplementos de academia

 

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *