ALIMENTAÇÃO

Dieta da Proteína – Como Funciona e Como Colocar em Prática

Dieta da Proteína – Como Funciona e Como Colocar em Prática

E se eu te falasse que tem uma maneira de emagrecer cerca de 7 quilos em apenas duas semanas? Não acredita? Essa é a proposta da dieta da proteína.

Muita gente já ouviu falar dessa dieta, mas, não sabe como ou se funciona. Também há o questionamento sobre as suas vantagens.

A dieta da proteína traz sim, muitos benefícios e é eficiente para a queima de gordura.

Para entender como ela funciona, continue lendo esse artigo.

O Que é e Como Funciona a Dieta da Proteína

O que é e como funciona a dieta da proteína

A dieta da proteína, como seu próprio nome já insinua, é uma dieta rica em proteína. Em resumo, é toda dieta que reserva cerca de 40% das calorias diárias para a proteína.

Não existe uma única versão desta dieta, ela pode variar de acordo com o seu objetivo.

A base dessa dieta é o uso de carnes e ovos nas suas refeições diárias. Ou seja, alimentos ricos em proteína e pobres em gordura.

Quando falamos de proteína, muitos pensam apenas em carne. Entretanto, proteína é muito mais do que carne.

Existem inúmeros alimentos ricos em proteína que podem ser consumidos durante a dieta da proteína. Entre eles estão:

  • Soja;
  • Tofu;
  • Semente de Abóbora;
  • Semente de gergelim.

A dieta da proteína deve durar 14 dias.

Dentro desses 14 dias você deve reduzir da sua dieta alimentos ricos em carboidratos.

Todos nós sabemos que o carboidrato é responsável pelo nosso estoque de energia, e que sem ele, o corpo passa a consumir gordura para gerar essa energia que está em falta.

Ao ficar sem consumir alimentos ricos em carboidratos o seu corpo entra em choque. O seu corpo vai pedir por carboidratos e você deve ser forte e não ceder.

Assim, o seu corpo começará a queimar as reservas de gordura para gerar energia.

Com isso, para saciar a falta do carboidrato, o seu corpo utiliza a proteína.

O nosso organismo tem mais dificuldade em digerir proteínas do que gordura e carboidratos. Isso acelera o metabolismo e a queima de gordura.

Quais os Benefícios da Dieta da Proteína

Quais os benefícios da dieta da proteína.

A dieta da proteína tem como principal benefício o emagrecimento, que pode chegar até 9 quilos em 14 dias.

Isso acontece devido a três principais consequências da dieta: sensação de saciedade, metabolismo acelerado e composição corporal.

O metabolismo rápido gerado pela ingestão de proteína promove uma rápida queima de gordura. Outro fator que ajuda no emagrecimento é a sensação de saciedade que é prolongada pela proteína.

Exatamente pelo fato do nosso corpo ter mais dificuldade em digerir a proteína, ela gera uma sensação de saciedade por mais tempo.

A proteína também faz com que aumente a produção de hormônios que nos dão essa sensação de saciedade e diminui o nível de grelina, o “hormônio da fome”

Porém, esse é apenas um dos seus muitos benefícios.

A dieta da proteína também deixa o seu corpo mais duro e a pele mais firme.

Quando combinada com treino de resistência, a dieta da proteína ajuda no aumento e manutenção da massa magra. Como se não fosse o bastante, essa combinação também ajuda no aumento da massa muscular e ajuda a evitar o efeito platô.

Além disso, a proteína pode ser considerada o macro nutriente mais importante de todos, por estar envolvida em quase todos os processos do nosso corpo.

A proteína também ajuda a estabilizar os níveis de glicose no sangue, auxilia na manutenção dos seus ossos e músculos, facilita na absorção de nutrientes e aumenta a sua capacidade de concentração e aprendizado.

Entendendo como funciona a dieta da proteína, você pode então colocá-la em prática.

Ela é dividida em três fases, como explicaremos a seguir.

Passo a Passo da Dieta da Proteína

1. Primeira Fase

A primeira fase tem como principal objetivo a perda de peso, com uma ingestão de 1000 calorias por dia.

Café da manhã: Whey Protein com leite desnatado, iogurte desnatado. Para acompanhar, queimo minas light com peito de peru light.

Lanche da manhã: Um pote de iogurte desnatado, duas fatias de queijo minas light com duas fatias de peito de peru ou café e chá com leite desnatado.

Almoço: 120 g de alguma carne (dê preferência para frango ou peixe) acompanhado de salada verde.

Lanche da tarde: Whey Protein com leite ou Iogurte Desnatado.

Jantar: 120 gramas de alguma carne, frango ou peixe, salada ou sopa de brócolis, ou uma omelete com duas claras e uma gema.

2. Segunda Fase

Deve durar 5 semanas. A cada semana a dieta deverá ganhar 100 calorias, para no fim você estar ingerindo 1500 calorias por dia.

Primeira semana: Adicione uma fruta e uma fatia de pão integral no café da manhã. E verdura e legumes a vontade no almoço e jantar.

Segunda semana: Adicione uma porção de fruta no lanche da manhã ou tarde

Terceira semana: Adicione uma porção de carboidratos ou grãos, como arroz integral ou feijão, no almoço.

Quarta semana: Adicione uma porção de carboidrato, como duas batatas pequenas, no almoço.

Quinta semana: Adicione uma fatia de mussarela ou colher de margarina no café da manhã.

3. Terceira Fase

Na terceira fase, você pode liberar tudo, desde que não transforme isso em um hábito.

Café da manhã: Iogurte light, com pão integral, queijo minas e peito de peru. Ou outras variações desse conjunto.

Lanche da manhã e da tarde: Uma fruta e iogurte, ou 2 torradas integrais.

Almoço: Pode comer salada, arroz integral, feijão e alguma proteína.

Jantar: Sopa, omelete ou salada, podendo ter uma proteína.

Conclusão

Com um cardápio planejado, você já pode colocar em prática a dieta da proteína e ver o resultado em duas semanas. É recomendado que você faça essa dieta acompanhada por um nutricionista, uma vez que cada organismo é único.

É importante manter o foco e ter cuidado para não exigir muito do seu corpo. Se você seguir à risca, o sucesso é garantido.

Esse artigo foi útil para você? Deixe aqui o seu comentário para a gente saber.

 

 

suplementos de academia

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *