Este site usa cookies e tecnologias afins que nos ajudam a oferecer uma melhor experiência. Ao clicar no botão "Aceitar" ou continuar sua navegação você concorda com o uso de cookies.

Aceitar

HIPERTROFIA

Passo a Passo De Como Sair da Estagnação Dos Treinos E Ter Evolução Constante

Passo a Passo De Como Sair da Estagnação Dos Treinos E Ter Evolução Constante

Você por acaso já imaginou o que poderia fazer se soubesse como sair da estagnação dos treinos? Aposto que você já esteve, em algum momento, com os seus ganhos musculares estagnados.

Depois de muito tempo treinando, parece que os exercícios não estão mais fazendo efeito e você não está evoluindo.

Mas não precisa entrar em desespero. Tudo isso acontece por um motivo. Com isso, existem maneiras de reverter essa situação e ter evolução constante.

Continue lendo esse artigo para descobrir porque acontece essa estagnação dos músculos e como sair dela.

Por Que A Estagnação Muscular Acontece?

Porque a estagnação muscular acontece

Assim que você começa a malhar, você tira o seu corpo de um estado de descanso e o coloca na ativa.

Você muda a sua alimentação e começa a treinar de maneira intensa, gerando ganhos significativos e resultados imediatos.

Parece até fácil.

Porém, chega um momento que há a estagnação dos ganhos e é aí que fica difícil. Você começa a ficar desmotivado e frustrado, porque apesar da experiência, parece que os ganhos são imperceptíveis.

A estagnação nos treinos é também conhecida como efeito platô.

Entre os maiores motivos para a estagnação muscular estão o péssimo planejamento, falta de descanso, monotonia no estímulo do músculo e dieta inadequada.

A última opção é, geralmente, o principal motivo. É como se o seu corpo se adaptasse, e os estímulos que você utilizava antes não funcionassem mais.

O nosso corpo simplesmente se acostuma aos exercícios, e para de progredir.

Não adianta fazer todo o esforço do mundo na academia sem fazer mudanças no seu treino de tempos em tempos.

Outro motivo pode ser a dieta inadequada.

Se você está consumindo poucas calorias, em alguns casos, ao invés de progredir, você passa a perder massa. Ajudando então, na estagnação dos seus treinos.

Por último, quando a necessidade de intervalo entre os treinos não é respeitada, gerando uma recuperação insuficiente, também pode ocorrer a estagnação dos músculos.

É necessária então uma readequação de alguns desses fatores, que têm impacto no seu desempenho.

Neste caso, devem ser feitas mudanças na sua dieta, no seu treino de musculação ou no tempo que você reserva para a sua recuperação muscular.

Agora que você já entendeu os motivos do efeito platô, continue lendo para ver como reverter essa situação e evoluir no seu treinamento.

Como Sair Da Estagnação Dos Treinos

Como sair da estagnação dos treinos

Então, como sair da estagnação dos treinos e voltar a ter evolução constante? Primeiro, recomenda-se fazer mudanças básicas na sua dieta e no treinamento.

Na sua dieta, recomenda-se que seja feito aos poucos uma mudança energética, semanalmente, diminuindo ou aumentando a quantidade de energia ingerida na dieta, de acordo com o objetivo do seu treino.

Nos treinos, a mudança deve ser feita quanto a forma de estímulos.

É bom deixar um pouco de lado as séries planejadas e focar em treinos com menos volume e poucas repetições, favorecendo a recuperação muscular.

Você pode manter ou até aumentar a intensidade dos seus treinos mesmo diminuindo o volume. 

O corpo passa a precisar de estímulos maiores, porém, menos frequentes para evoluir. Então, o tempo de descanso deve aumentar, tornando a recuperação completa.

Essas mudanças básicas podem funcionar para sair da estagnação muscular, porém, não vai durar muito tempo. Outras medidas são necessárias.

Existem algumas técnicas para chocar o corpo, energeticamente falando.

Choques dietéticos como a inclusão de alguns lanches semanais são recomendados para o seu corpo sair da estagnação e voltar e evoluir.

Uma técnica muito utilizada é revezar um dia com baixo carboidrato com dois dias de alto, entre outras técnicas similares.

Outro choque que você pode dar no seu corpo é se dar férias. Uma semana fora da academia, para descansar e sair da rotina pode ajudar a estimular os músculos, recuperando o seu corpo.

Depois de seguir todas essas mudanças, é importante não deixar o seu treino cair na monotonia.

Passo A Passo Para O Seu Treino Não Cair Na Monotonia

Passo a passo para o seu treino não cair na monotonia

Como foi dito anteriormente, muitas coisas podem ser feitas para fazer o seu corpo voltar a ter evolução constante.

É importante saber algumas técnicas para que você não caia na monotonia de novo. Evitando cair em um efeito platô novamente.

Daremos então um passo a passo para evitar a estagnação nos treinos.

1- Número de repetições da sua série

Assim que você começa a malhar, você recebe um treino de um profissional, que indica o número de séries e repetições que você deve fazer.

Isso não quer dizer que você deve manter sempre os mesmos números no seu treinamento.

É importante variar o número de repetições, aumentando ou diminuindo, de acordo com o objetivo do seu treino. É bom que essa variação seja feita a cada duas ou três semanas.

2- Mudar Os Exercícios

Como dito anteriormente, você não precisa sempre seguir os treinos que fizeram para você assim que você começou a malhar.

A dica é que a cada 3 meses, ou até menos, você mude a sua série toda. Trabalhando com máquinas e movimentos diferentes de antes, estimulando assim novos músculos, evitando a monotonia.

3- Mudar A Ordem Dos Exercícios

Enquanto ainda não deu o tempo de mudar a sua série, você pode acabar com a monotonia mudando a ordem dos exercícios.

Misture alguns exercícios, inverta as ordens, não importa como você vai mudar a sua rotina, mas mude. É o segredo para evitar a estagnação.

4- Mudar A Intensidade Dos Exercícios

Assim como a ordem dos exercícios, você pode mudar a intensidade deles. Pode aumentar ou diminuir a intensidade, você escolhe.

Aproveita para mudar as repetições junto com a intensidade que o estímulo será melhor.

Resumo de Como Sair da Estagnação dos Treinos

Conclusão

A estagnação muscular nos treinos é uma coisa muito comum. Não há nada de errado com você se não está mais evoluindo nos treinos.

Seguindo as dicas desse artigo, você consegue evitar esse efeito e manter a sua evolução constante.

O segredo para isso é mudar. Sempre. A mudança evita a estagnação, seja lá qual for.

Ainda tem alguma dúvida de como sair da estagnação dos treinos? Deixe seu comentário para que possamos ajudá-lo.

 

 

 

suplementos de academia

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado.