As Verdades Sobre Os Treinos De 7 Minutos

Treinos De 7 Minutos

Transforme seu corpo em apenas 7 minutos.

Estamos falando de uma pesquisa publicada no Colégio Americano de Medicina Esportiva Health and Fitness Journal. O treino de 7 minutos é real e funciona … pelo menos, é isso que a mídia convencional quer que você acredite. E, no entanto, isso não parece um pouco complicado? 

Aqui está um aviso: não tenho problema com o treino de 7 minutos. Eu me preocupo em estabelecer expectativas irreais que levem as pessoas a acreditar que uma “dose mínima efetiva” pode levar a resultados máximos. Essa é a base da frustração.

Novas descobertas científicas são capazes de descobrir novas informações que alteram o que acreditamos e pensamos ser verdade; na verdade, isso acontece o tempo todo. O problema é que, muitas vezes, confiamos no que queremos acreditar, em vez de tentarmos provar se é verdade. Esse é o problema com o recente lançamento do treino de 7 minutos. Fomos enganados por um título atraente que tem alguns benefícios, mas fica aquém das promessas de longo prazo.

Não há como negar que o exercício – em qualquer dose – é bom para o seu corpo. Na verdade, quando viajo, estou sempre resolvendo treinos de 10 a 15 minutos, em vez da minha sessão normal de 30 a 60 minutos. E você pode ter um ótimo treino em menos de 10 minutos.

Mas não confunda a parte do todo: é muito difícil (e improvável) construir um corpo saudável trabalhando 7 minutos por dia e apenas realizando exercícios com peso corporal, que é a base do treino de 7 minutos. E vou registrar que seria difícil encontrar alguém que tenha. Afinal, se levasse apenas 7 minutos para entrar em grande forma, a luta para perder gordura seria um problema menor.

Antes de começar o “treino perfeito” em casa e esperar resultados dramáticos ou comprar a inevitável sessão de 7 minutos em breve em uma academia perto de você, aqui está o que você pode realmente tirar da pesquisa, e o que você pode realisticamente esperar para conseguir se você seguir esta rotina.

Treinos De 7 Minutos

Onde o estudo de treinos de 7 minutos falhou

Entenda que a pesquisa no campo de exercício, muitas vezes, se enquadra em duas categorias: Estudos que usam pesquisas anteriores para validar conceitos anteriores ou projetos que testam algo novo enquanto constroem pesquisas anteriores. O treino de 7 minutos é mais do primeiro; Ele olhou para os benefícios percebidos de um treino de 7 minutos e deduziu muitos benefícios com base em pesquisas que já estavam concluídas.

Isso não torna a pesquisa ruim ou imprecisa, se não for por um pequeno problema: os estudos usados ​​para “provar” os conceitos não espelham o treino que está sendo elogiado como a correção de 7 minutos para o seu corpo. É como dizer que, por haver pesquisas mostrando dietas com pouco carboidrato, ajudam na perda de peso que uma dieta sem carboidratos garantirá a perda de gordura. Não funciona assim. Como sempre, o diabo está nos detalhes.

Nem todo treinamento de circuito é igual
A ideia geral do treino de 7 minutos é que você realize 12 exercícios de peso corporal como um circuito. Esse tipo de exercício é categorizado como “treinamento em circuito de alta intensidade”. Não há problema, mas uma vez fomos além de como rotular o tipo de exercício que é onde os problemas começam.

Erro # 1: O tipo de treinamento no treino de 7 minutos não é tão bom para a perda de gordura como alegado.

Nem todos os exercícios são iguais
A outra grande falha deste exercício – além do fato de que os benefícios são baseados em tipos diferentes de treinamento – é que o design do programa não se presta a algumas das grandes reivindicações que estão sendo feitas. Não importa o que alguém lhe diga, nem todos os exercícios são iguais. Alguns exigem mais esforço, ativam mais fibras musculares e geram mais resultados. Alguém realmente acha que o agachamento com peso corporal é tão difícil quanto o agachamento com barra pesada?

O uso do peso corporal não permite esse benefício, e para aqueles que estão razoavelmente em forma, seria difícil alcançar um nível máximo de intensidade consistente por 30 segundos, que se comparasse a um período similar de tempo com resistência adicional. Para usar o exemplo do agachamento: Fazer 80% do seu máximo de 1 repetição no agachamento por um período de tempo semelhante seria muito mais difícil do que fazer 7 minutos de agachamento com peso corporal.

Além disso, do ponto de vista de resistência aeróbica, foi demonstrado que o treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) pode ser uma excelente alternativa aos exercícios tradicionais de estado estacionário. Exercícios como o crunch, prancha e prancha lateral terão efeitos mínimos sobre o gasto de energia e a quantidade de calorias que você pode queimar.

Erro # 2: Os exercícios no treino de 7 minutos não são tão eficazes em alcançar os benefícios relatados.

Força (e construção muscular) Requer Resistência Adicionada
Apenas no caso de você estar se perguntando, também é muito improvável que essa rotina otimize a força. Os estudos de baixa intensidade (peso corporal é de baixa intensidade) mostraram consistentemente ganhos de força sub-ótimos quando comparados ao treinamento com pesos pesados. Isso é porque o grande problema com o exercício do peso corporal é que você está limitado ao que pesa – não há meios de sobrecarregar os músculos dentro de um determinado intervalo de repetição. Assim, essa rotina seria uma má escolha para quem procura maximizar sua força.

Erro # 3: Com base na pesquisa citada, a fim de receber os melhores benefícios sugeridos pelo treino de 7 minutos, você precisa adicionar resistência.

O treino de 7 minutos inegavelmente tem alguns benefícios. Na verdade, fiz um test drive e foi difícil, levantei meu ritmo cardíaco e tenho treinado constantemente há mais de 15 anos. Para esse fim, não há nada de errado com o treino, e pode ser uma ótima solução para quem procura um treino rápido.

O problema é com as reivindicações sendo feitas. Os benefícios sugeridos são muito exagerados para quem possui uma aptidão muscular modesta. Mais importante, não é uma rotina bem planejada para quem quer maximizar metas específicas de condicionamento físico, como queimar gordura, construir músculos ou aumentar a força. A parte engraçada? A ciência usada para “apoiar” as alegações é a mesma ciência que prova que as afirmações são imprecisas.

Embora eu deseje que as promessas sejam verdadeiras, mudar seu corpo ainda exigirá mais de 7 minutos por dia. Mas 8 semanas intensas é o suficiente para você conquistar o corpo que deseja, seguindo um treinamento específico e intenso, com a ajuda de um profissional para atingir seu objetivo. 

Treinos De 7 Minutos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This